Delegado da PF que estava na presidência do Inep pede demissão, diz MEC

0
192

Ele foi o terceiro ocupante da pasta desde o começo do ano. Assessoria do MEC diz que saída foi “a pedido” do próprio delegado Elmer Coelho Vicenzi.

Foi demitido nesta quinta-feira (16) o atual presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Elmer Coelho Vicenzi. O agora ex-ocupante do cargo é delegado da Polícia Federal. É a primeira baixa na gestão do minsitro Abraham Weintraub.

Vicenzi é delegado da Polícia Federal e atuava como na Corregedoria-Geral da PF. Ele também já foi chefe do Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos na Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado, e foi diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O INEP ficou sem diretor entre o dia 26 de março, quando o então ministro Ricardo Vélez Rodríguez exonerou Marcus Vinicius Rodrigues, e 15 de abril, quando Elmer Vicenzi foi anunciado por Abraham Weintraub.

Marcus Vinicius Rodrigues ocupou o cargo de 22 de janeiro a 26 de março. Doutor em Engenharia da Produção e especialista em Formação de Executivos, Rodrigues foi executivo, professor e consultor na Fundação Getúlio Vargas (FGV) e também deu aulas no Instituto Universitário de Lisboa.

Antes de Rodrigues estava no cargo Maria Inês Fini, demitida em 14 de janeiro. Ela estava no cargo desde maio de 2016 e havia sido nomeada pelo então presidente Michel Temer.